3 de junho de 2016

Sarau 3 de junho de 2016





   6º K









Na turma do 6.º K, o Projeto “O Mar” foi desenvolvido no âmbito do Programa Eco Escolas em

articulação com a Oferta Complementar de Educação Cívica e as disciplinas de Português,

História e Geografia de Portugal (HGP), Ciências Naturais, Educação Visual e Educação Musical.

Em Português, os alunos trataram algumas entrevistas realizadas em articulação com Educação

Cívica, bem como redigiram algumas notícias para o jornal Trinca Cevada.

Em HGP abordaram o tema ligado às embarcações do concelho de Ovar.

Em Ciências Naturais debruçaram-se sobre os cuidados redobrados a ter com a pele

quando se está próximo do mar (contexto de praia).

Em Educação Visual foram dadas orientações para a realização dos cartazes, os alunos fizeram

marcadores de livros, bem como elaboraram o projeto para a feitura da mascote da turma.

Em Educação Musical, os alunos entrevistaram o Pároco de Ovar, Padre Bastos, o senhor José

de Oliveira Neves, autor do livro “A Pesca no Furadouro, de 1800 a 1955” e o senhor Aberto

Assunção Pinto, pescador e redeiro. Na entrevista foram abordados os usos e costumes da

vida piscatória na praia do Furadouro há algumas décadas atrás.

Em Educação Cívica, foi entrevistado o Presidente da Câmara Municipal de Ovar, Engº Salvador

Malheiros que falou sobre os principais problemas que afetam as praias do concelho de Ovar

nomeadamente a erosão da costa e a poluição marítima. Os alunos fizeram pesquisas sobre os

temas a tratar, debateram as conclusões dos trabalhos realizados e elaboraram cartazes sobre

as espécies marinhas e flora ameaçadas, os desportos náuticos praticados na Ria de Ovar e no

mar e os moliceiros.

O projeto culminou no dia 3 de Junho, no Sarau do Agrupamento, com a recriação de “A Pesca

no Furadouro” que envolveu teatro, com a participação especial do senhor Alberto Pinto, e

dança coreografada pela professora de dança Alexandra Pacheco. Os textos da recriação foram

redigidos pelo assistente operacional Joaquim Fidalgo e o Padre Bastos.

Pode concluir-se que o Projeto foi um sucesso na medida em que contribuiu para o

enriquecimento de todos os que estiveram direta ou indiretamente envolvidos e onde houve

espaço para comunidade participar ativamente – pais e encarregados de educação, assistentes

operacionais, elementos da vida política, religiosa e social de Ovar e os ranchos folclóricos do

Torrão do Lameiro e da Ribeira, que, gentilmente, emprestaram as roupas.

A diretora de turma

Josefina Ventura

Sem comentários:

Publicar um comentário

Hastear da Bandeira Verde e Dia da Terra

 Dia da Terra assinalado na Escola Básica António Dias Simões O Dia da Terra, que se comemora no dia 22 de abril, foi assinalado na Escola B...